Embora a olheira não seja uma patologia, é um fator estético que muito interfere na autoestima de uma grande parte da população. Existem basicamente, três causas para o aspecto das olheiras:
- Vasculares, pela dilatação e estase venosa;
- Pigmentares, pelo acúmulo de melanina;
- Bolsas profundas sejam por constituição genética ou adquirida.

Para otimizar os resultados no tratamento das olheiras pode-se optar pela combinação de diversos tratamentos. O tratamento adequado pode ser feito através de:
- Carboxiterapia;
- Cosmiatria;
- Drenagem Linfática: Indicada para olheiras e inchaço;
- Luz Pulsada;
- Peeling para Olheiras: Substância química aplicada sobre as olheiras que clareia a coloração acastanhada das mesmas, solubilizando os íons de Ferro que escapam dos vasos sanguíneos da região e “tatuam” a pele, escurecendo-a. Os peelings devem ser repetidos quinzenalmente. O número de sessões necessárias varia geralmente entre 3 e 6 aplicações.

A pele quase não descama, podendo permanecer avermelhada nas primeiras 12 horas. Deve-se evitar o sol na semana seguinte à aplicação.

Orientações importantes
- Descansar o suficiente;
- Beber bastante água para evitar a retenção de líquidos e manter a pele hidratada;
- Praticar exercícios regularmente, pois isto favorece o sono;
- Usar diariamente um creme para olheiras;
- Evitar exposição ao sol;
- Aplicar diariamente um bom protetor solar no rosto;
- Deixar de fumar, de forma ativa ou passiva.

Cada paciente deve ser previamente examinado e orientado a utilizar um creme específico para o seu caso particular. Os resultados dos tratamentos mencionados são de médio e longo prazo.