Depilação Progressiva Definitiva: Acabe Com Os Pelos 
Escrito por Dra. Ana Carolina Puga    Qua, 25 de Novembro de 2009 21:52          
 
 Artigos - Beleza 

Atualmente, existem várias maneiras de se depilar, como a cera quente e fria, aparelhos eletrônicos, cremes depilatórios, as antigas lâminas, entre outras, mas a mais moderna, eficaz e prática é a depilação progressiva definitiva. O tratamento não provoca o desgaste que é ocasionado com a depilação a cera ou qualquer outro aparelho, pois vai reduzindo os pelos de forma progressiva até se tornar definitivo. Além disso, deixa a pele lisa e clareia a região depilada, deixando a pele mais bonita. Porém, para que tudo isso seja possível, é preciso levar em consideração a formação e as atualizações do profissional. O tratamento utilizado pela ACorPoralle Saúde Estética, de Sertãozinho, conta com uma tecnologia avançada, podendo ser realizada em qualquer tipo de pele e descarta qualquer possibilidade de risco de manchas. A única orientação é que durante o processo o uso de protetor solar nas regiões depiladas é essencial.

Exemplo de tratamento

Uma paciente me procurou para fazer a depilação definitiva na virilha, pois tinha alergia à lâmina de barbeador. Depois de uma avaliação minuciosa, indiquei cinco sessões de tratamento a laser. Logo na primeira sessão a paciente constatou que o processo era realmente indolor, provocando apenas um ardor durante e minutos após a aplicação do laser. Sete dias após a primeira sessão, a paciente retornou a clínica e constatei o enfraquecimento dos pelos após a ação do tratamento. Além disso, a pele se manteve sem manchas e lesões.

Retornando para a segunda sessão, percebi que a região já estava com várias falhas e o crescimento do pelo estava retardado, o que tornava o tratamento ainda melhor, comparando com os parâmetros que tenho conhecimento. Para conseguir esse resultado, é importante ressaltar que não uso a mesma intensidade de energia para todos os pacientes. Utilizo uma estratégia personalizada para cada pessoa, tipo de pelo e para cada ocasião, sendo alterada muitas vezes a programação durante o tratamento para o mesmo paciente. Para conseguir sucesso, é preciso saber aplicar o laser de forma cuidadosa, consciente e correta. Só assim irá proporcionar a inativação do folículo piloso e as células aos redores deste, diminuindo o crescimento de pelo gradativamente, levando até a eliminação total.

Conheça a depilação progressiva definitiva
A ponteira de depilação emite pulso de luz dentro dos folículos piloso. A luz é absorvida pela pigmentação do pelos até os folículos, sendo convertida em calor, desprendendo os pelos e ocorrendo a inativação destes, inibindo as células responsáveis pelo crescimento do novo pelo.

Os pelos não estão todos sempre na fase ativa de crescimento, portanto, são necessárias várias sessões para alcançar a redução satisfatória. Os pelos que sofrem o tratamento continuam a aparecer de sete a trinta dias após a sessão e correspondem aos pelos sendo expelidos da pele. Qualquer área do corpo pode ser tratada exceto ao redor dos olhos.

Uma das dúvidas mais questionadas nas avaliações é quanto a durabilidade e eficácia da depilação. Em relação a ser permanente ou não. Como explicado acima, a utilização do laser para a depilação definitiva é um tratamento que irá desprender o pelo e, além disso, inativa as células responsáveis pela formação de um novo pelo, tornando assim a ação definitiva.

Tratamento e resultados
O número de sessões para o tratamento é determinado durante uma rígida avaliação, e varia entre quatro e seis sessões, dependendo muito do tipo de pelo e região a ser tratada. Lembro que uma única sessão não é suficiente nem mesmo para os pelos mais finos, já que os pelos são destruídos durante suas fases de crescimento e nem sempre os pelos de determinada região estão na mesma fase de crescimento, podendo assim não     receber a ação do laser de forma efetiva. Para isso, precisamos da repetição sucessiva do laser incidindo nas diversas fases de crescimento.

Para obter um resultado mais duradouro, é necessário que se faça uma manutenção anualmente na região já tratada, garantindo assim o resultado prolongado. Com o passar do tempo, essa manutenção pode ter um espaçamento de até cinco anos, podendo, após este período, nunca mais nascer qualquer espécie de pelos ou penugem na região tratada.

A sessão é feita com rapidez e tem duração média de 15 minutos. A vantagem do tratamento a laser está na inativação definitiva dos pelos. Por isso que hoje em dia utilizo esta estratégia de tratamento para resolver as conhecidas foliculites (inflamação dos pelos), que são muito comuns nas regiões pubianas, barbas e axilas e nádegas, causando marcas irreversíveis na pele. Uma outra disfunção comum entre as mulheres é o hirsutismo, ou seja, nascimento de pelos nas mulheres em regiões masculinas, como a face, o pescoço, os membros, as mamas, a linha branca, a porção inferior das costas, o triângulo púbico superior e a face interna das coxas. O pelo indesejado é grosseiro, comprimido e frequentemente pigmentado, como barba, costeletas, bigode, nariz, costas, peitos entre outras regiões. O importante que esta disfunção pode ser tratada com a depilação a laser, deixando as mulheres sem o aspecto indesejável de pelos nestas regiões.